Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Entrada Notícias Investimento em I&D em Saúde em Portugal cresce 15,2% e atinge máximo histórico

Investimento em I&D em Saúde em Portugal cresce 15,2% e atinge máximo histórico

 

Segundo dados recentemente divulgados pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), no âmbito do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional (IPCTN), a despesa em I&D em Saúde em Portugal ascendeu, em 2017, aos 462 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 15,2% face a 2016 e constitui um novo máximo histórico para o setor. Com isso, a Saúde assume a segunda posição entre os objetivos socioeconómicos com maior investimento em I&D em Portugal (logo após o objetivo da Promoção da Produtividade e das Tecnologias Industriais), representando 17,9% do total nacional.

Os dados da DGEEC apontam para uma evolução positiva em todos os quadrantes de execução – Empresas, Estado, Ensino Superior, e Instituições Privadas sem Fins Lucrativos. Destaca-se, contudo, o crescimento de 26,7% no investimento das empresas, que assim regista também um novo máximo, de 136 milhões de euros, passando a representar 10,5% do total do investimento empresarial em I&D em Portugal.

 

(HCP, 03 de janeiro de 2019)