Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Entrada Notícias Portugal adere à rede europeia EATRIS

Portugal adere à rede europeia EATRIS

País reforça aposta na investigação clínica e de translação

 

Em maio de 2018, Portugal tornou-se o décimo terceiro Estado-Membro a integrar a rede europeia EATRIS – European Infrastructure for Translational Medicine.

A adesão à EATRIS constitui um novo marco da aposta de Portugal nas áreas da investigação clínica e de translação, uma vez que irá abrir portas à participação de centros de investigação, hospitais e centros académicos clínicos portugueses numa rede internacional de excelência e de grande visibilidade, com reflexos positivos quer ao nível da sua capacitação e endogeneização das melhores práticas, quer da sua promoção junto dos seus pares e da indústria global. Tal significa, por sua vez, uma multiplicação das oportunidades para a participação das instituições portuguesas em projetos europeus e para acesso a novas fontes de financiamento e de receitas, por um lado e, por outro, um contributo para a criação de emprego qualificado e para a melhoria no acesso pelos cidadãos à inovação em saúde, por via da atração de estudos e ensaios clínicos para Portugal.

A adesão à EATRIS, que dá resposta a uma expectativa há muito alimentada pela comunidade científica nacional, é subscrita pelo Estado Português, através do Infarmed – Ministério da Saúde, articulando-se com uma dinâmica que vem sendo conduzida pelo Health Cluster Portugal (HCP) através da rede TRIS-HCP.

A participação formal de Portugal na EATRIS foi assinalada numa recente reunião dos órgãos diretivos da rede, na qual estiveram presentes a Presidente do Infarmed, Maria do Céu Machado, e o Diretor de Estratégia do HCP, Luís Soares. Apontando os próximos passos, estas entidades irão trabalhar junto da comunidade científica nacional no sentido de concretizar uma participação efetiva de Portugal na rede e de potenciar as mais-valias daí decorrentes.

 

Sobre a EATRIS
A EATRIS – European Infrastructure for Translational Medicine é uma rede que integra mais de oitenta infraestruturas de investigação europeias, e que tem como objetivo maior contribuir para uma transformação mais rápida e eficiente do conhecimento científico em novas soluções na área da Saúde. Para esse fim, disponibiliza apoio especializado e promove a capacitação das infraestruturas de investigação dos países que são seus membros. Por outro lado, configura-se como uma rede de prestação de serviços científico-tecnológicos a clientes/parceiros externos – sejam eles da indústria ou da academia.

 

(HCP, 07 de junho de 2018)